DIABETES E BATATAS: DIABÉTICO PODE COMER BATATA?

diabetes e batatas

Diabetes e batatas | Considerações | Melhor preparoComo comer | Melhores variedades de batatas | Preparo e cozimento | Outros pratos | Batata yacon | Dicas de dieta | Visão geral |Recomendações | Fontes

Embora as batatas sejam vegetais ricos em amido, uma pessoa com diabetes ainda pode apreciá-las como parte de uma dieta saudável. Pessoas com diabetes precisam estar cientes do total de carboidratos ingeridos em cada refeição.

 

Quando uma pessoa come algo, seu corpo converte os carboidratos e açúcares na comida em um açúcar simples chamado glicose.

 

A glicose entra na corrente sanguínea e aumenta os níveis de açúcar no sangue. Uma pessoa que não tem diabetes irá produzir e usar insulina de forma eficaz. A insulina é um hormônio que permite que a glicose entre nas células para usá-la como energia. Isso significa que a glicose deixa a corrente sanguínea.

 

No entanto, pessoas com diabetes são incapazes de produzir ou usar insulina de forma eficaz. Isso significa que a glicose não pode entrar nas células e permanece no sangue, o que aumenta os níveis de açúcar no sangue. Por esse motivo, é essencial que as pessoas com diabetes monitorem sua ingestão de carboidratos.

 

Batatas são vegetais ricos em amido. Elas contêm carboidratos que aumentam os níveis de açúcar no sangue.

 

Neste artigo, examinamos se as pessoas com diabetes podem comer batatas. Também analisamos quais tipos de batata são melhores para o açúcar no sangue, como preparar e cozinhar batatas e dicas gerais de dieta para pessoas com diabetes.

 

Diabetes e batatas: considerações

Com moderação, uma pessoa com diabetes pode comer batatas.

 

A Associação Americana de Diabetes (ADA) recomenda a ingestão de vegetais ricos em amido, como batatas, como parte de uma dieta saudável. O amido é um carboidrato complexo que demora mais tempo que os açúcares simples para o organismo decompor.

 

É um equívoco comum que as pessoas com diabetes devem evitar batatas e outros alimentos ricos em amido, porque eles tendem a ter um alto índice glicêmico (IG).

 

O IG é um sistema útil para classificar os alimentos de acordo com o seu potencial para elevar os níveis de açúcar no sangue. Alimentos com alto IG elevam o açúcar no sangue mais rapidamente do que aqueles com baixo IG.

 

Índice glicêmico

De acordo com o ADA:

  • alimentos com IG baixo têm um valor de 55 ou menos
  • alimentos de médio IG têm um IG de 56 a 69
  • alimentos com IG alto têm um IG de 70 ou mais

 

Comer alimentos com um IG baixo ou médio pode ajudar uma pessoa a gerenciar seus níveis de açúcar no sangue. Enquanto algumas variedades de batata têm um alto IG, outros fatores podem equilibrar essa situação.

 

No entanto, o IG não é a única indicação do impacto de um alimento no açúcar no sangue. Carga glicêmica (CG) demonstra quanta glicose vai entrar na corrente sanguínea. Embora as pessoas com diabetes devam estar atentas à ingestão de alimentos com alto IG, o gerenciamento do tamanho da porção e do método de preparação podem ajudar a reduzir o impacto sobre o açúcar no sangue.

 

Ao escolher um alimento com alto índice glicêmico, a ADA recomenda a combinação de um alimento com baixo IG para ajudar a equilibrar uma refeição. Eles também afirmam que o tamanho da porção é a chave para desfrutar de alimentos ricos em amido como parte de um plano de refeição saudável.

 

Diabetes e batatas: qual o melhor preparo

Outra consideração importante é o método de cozimento. Batatas fritas mergulhadas em certos óleos e gorduras, como gorduras animais, podem aumentar seu teor de gordura saturada e trans. Isso pode aumentar o risco de doença cardíaca, especialmente em pessoas com diabetes que já têm um risco aumentado de doença cardiovascular.

 

Gorduras também contêm calorias. As pessoas que gerenciam seu peso corporal para reduzir o impacto da diabetes tipo 2 podem cozinhar batatas de maneira a moderar a ingestão de gordura e calorias. Para reduzir o peso corporal, as pessoas devem queimar mais calorias do que consomem.

 

A melhor maneira de preparar batatas é assá-las ou cozinhá-las. Ambas as batatas assadas e cozidas no vapor são ricas em vitaminas, minerais e fibras, mas muito baixas em gordura, açúcar e sal.

banner 3 passos para controlar a diabetes
Clique e saiba mais

Diabetes e batatas: como comer

Batatas são mais saudáveis ​​com a pele. Pessoas com diabetes devem estar atentas às porções de batata que consomem.

 

É melhor comer batatas como parte de uma refeição equilibrada e saudável. Comer batatas ao lado de alimentos com baixo IG que fornecem fibras, proteínas magras e gorduras saudáveis ​​pode ajudar a equilibrar os benefícios nutricionais de uma refeição.

 

Comer alimentos ricos em fibras pode ajudar a pessoa a moderar os níveis de açúcar no sangue e aumentar sua sensação de saciedade após uma refeição. Alimentos com baixo IG podem incluir outros vegetais sem amido.

 

As pessoas que têm diabetes devem evitar acompanhamentos pesados que adicionem calorias ou açúcares, como por exemplo bacon, ketchup com açúcar, queijo com gordura.

 

Embora as coberturas típicas de batatas, como bacon, manteiga, creme azedo e queijo, não afetem diretamente o açúcar no sangue, elas podem afetar adversamente a saúde do coração.

 

Pessoas com diabetes devem limitar esses alimentos se estiverem tentando controlar o açúcar no sangue e as calorias. Essas coberturas são ricas em gordura saturada, que deve ser responsável por não mais do que 5-6% do total de calorias, segundo a Associação Americana do Coração.

 

Em vez disso, escolha coberturas como iogurte grego simples, molhos ou creme azedo em versões com baixo teor de gordura para dar sabor às batatas e, ao mesmo tempo, reduzir as calorias e a gordura saturada.

 

Diabetes e batatas: melhor tipo de batata para diabetes

As batatas-doces são um dos melhores tipos de batata para pessoas com diabetes, pois são de baixo IG e contêm mais fibras do que batatas brancas. Batata-doce também é uma boa fonte de cálcio e vitamina A.

 

Batatas Carisma, uma variedade de batata branca proveniente da Holanda, são outra opção com IG inferior.

 

Outra opção, relativamente popular entre os adeptos de uma dieta saudável é a batata yacon, ou simplesmente yacon. Veja mais abaixo detalhes específicos desta variedade.

 

As batatas inglesas são de alto IG, então as pessoas devem limitar a quantidade que comem dessa variedade.

 

Diabetes e batatas: preparo e cozimento

Os métodos de preparação e cozimento que uma pessoa usa podem afetar tanto o IG quanto o conteúdo nutricional das batatas.

 

Por exemplo, as batatas inteiras têm um IG inferior ao das batatas amassadas ou picadas.

 

Permitir que as batatas esfriem um pouco antes de comê-las também pode ser benéfico. Cozinhar uma batata torna o amido mais digerível, o que aumenta o IG. Após o resfriamento, a batata torna-se menos digerível novamente, o que pode diminuir o IG.

 

A maneira mais saudável de cozinhar batatas é cozinhá-las no vapor ou no micro-ondas ou ainda por cocção, sem acrescentar outros ingredientes. Preparar as batatas dessa maneira garantirá que elas sejam muito pobres em açúcar, sal e gordura.

 

Manter as peles das batatas pode fornecer fibras adicionais. Até 50 por cento dos compostos fenólicos nas batatas estão presentes na pele.

 

Os compostos fenólicos, presentes na pele, contêm propriedades antioxidantes que podem ser benéficas para a saúde.

 

Diabetes e batatas:  outros pratos de batata

Alguns pratos de batata são mais adequados do que outros para pessoas com diabetes.

 

Por exemplo, uma salada de batata pode ser uma boa opção, pois as batatas são pequenas ou em cubos, em vez de esmagadas ou amassadas. No entanto, certifique-se de que as coberturas, como a maionese, tenham baixo teor de gordura sem adição de açúcar.

 

As pessoas podem experimentar esta receita de salada de batata, que usa maionese com baixo teor de gordura e creme azedo leve para reduzir o teor de gordura:

 

Salada de batata cremosa

Preparo: 20 min

Pronto em 4 h 40 m

Ingredientes

  • 4 batatas médias
  • 2 talos de aipo, fatiado (1 xícara)
  • 2 ramos de cebolinha, finamente cortadas (¼ xícara)
  • ½ xícara de molho de maionese de baixo teor de gordura
  • ½ xícara de creme azedo claro
  • 2 colheres de sopa de leite sem gordura
  • 2 colheres de chá de mostarda amarela
  • 1 colher de chá de endro fresco ou salsinha cortada
  • ¼ colher de chá de sal
  • 1 ovo cozido, picado
  • Folhas de alface (opcional)

 

Instruções

1.Lave as batatas. Em uma panela grande e coberta, cozinhe as batatas em água fervente por 20 a 25 minutos ou até ficarem macias. Seque bem; espere esfriar um pouco. Corte em cubos. Transfira para uma tigela grande. Junte o aipo e as cebolas verdes.

 

2.Em uma tigela pequena, misture o molho de maionese, creme azedo, leite, mostarda, endro ou salsa e sal. Despeje sobre as batatas. Espalhe e cuidadosamente adicione ovo picado.

 

3.Cubra com papel alumínio ou filme plástico e leve à geladeira por pelo menos 4 horas ou até 24 horas. Se desejar, adicione alface.

 

Quaisquer receitas que envolvam batata triturada ou esmagada, como purê, são menos apropriadas para pessoas com diabetes. Processar a batata dessa maneira aumenta seu IG e o impacto potencial que ela pode ter nos níveis de açúcar no sangue de uma pessoa.

 

Também é melhor evitar batatas fritas, pois as frituras aumentam seu conteúdo de calorias e gordura.

banner 3 passos para controlar a diabetes
Clique para saber mais

Diabetes e batatas: batata yacon

Os benefícios de saúde do yacon incluem a sua capacidade de regular os níveis de açúcar no sangue, diminuir o colesterol “mau”, ajudar na perda de peso, baixar a pressão sanguínea, melhorar a saúde do fígado, melhorar a saúde digestiva e fortalecer o sistema imunológico.

 

O que é o Yacon?

Yacon é uma grande planta perene que é cultivada principalmente por suas raízes tuberosas. O nome científico do yacon é Smallanthus sonchifolius e cresce principalmente na América do Sul, incluindo os Andes Central e Norte, principalmente na Colômbia e na Argentina. Tem sido um vegetal tradicionalmente cultivado há milhares de anos e tem uma ampla variedade de usos.

 

Xarope e pó de yacon são comumente usados ​​como substitutos saudáveis ​​para o açúcar como adoçantes em vários alimentos

 

Diabetes e batatas: fatos nutricionais

Os tubérculos de yacon são compostos principalmente de frutooligossacarídeos e água. Isto significa que a maioria dos açúcares de carboidratos não pode ser digerida pelo organismo, resultando em um nível muito baixo de calorias e uma prevenção do excesso de açúcar que entra na corrente sanguínea. A yacon também ajuda o organismo a aumentar a absorção de vitaminas e minerais de todos os outros alimentos, por isso, embora não haja muitas vitaminas e minerais no próprio yacon, é muito importante para a ingestão desses componentes essenciais da saúde humana. É ainda rico em potássio, cálcio e fósforo.

 

Benefícios para a saúde de Yacon

Os benefícios de saúde do yacon incluem sua capacidade de regular os níveis de açúcar no sangue, monitorar o colesterol e ajudar na perda de peso, entre outros.

 

Há casos raros, mas tem havido alguns relatos, de alergias à raiz de yacon.  Além disso, as folhas só devem ser usadas para o chá, porque elas foram consideradas ligeiramente tóxicas para os rins quando ingeridas diretamente.

 

Diabetes e batatas: dicas de dieta

Adicione uma porção de vegetais sem amido às batatas.

O planejamento das refeições é uma ferramenta valiosa para as pessoas com diabetes, pois pode ajudá-las a otimizar os horários das refeições e o tamanho das porções para cada refeição.

 

Pessoas com diabetes devem ingerir mais vegetais sem amido e preencher metade do prato com vegetais ricos em nutrientes, como:

 

  • brócolis
  • cenouras
  • couve-flor
  • pimentão
  • espinafre e outras verduras
  • tomates

 

As opções de amido e proteína magra devem representar um quarto do prato. Apare o excesso de gordura de cortes de carne para reduzir o teor de gordura saturada.

 

A contagem de carboidratos também pode ser uma técnica útil para o controle da diabetes. A contagem do conteúdo total de carboidratos dos alimentos e refeições indicará como um alimento específico pode afetar os níveis de açúcar no sangue de uma pessoa.

 

Caso não saiba como contar carboidratos ou deseje saber a contagem de determinados alimentos veja o Manual de Contagem de Carboidratos disponível aqui.

 

Diabetes e Batatas: visão geral

As batatas são vegetais ricos em amido, o que significa que são ricos em carboidratos e podem elevar os níveis de açúcar no sangue de uma pessoa. Comer muitas batatas pode apresentar problemas para o controle do açúcar no sangue em pessoas com diabetes.

 

No entanto, as batatas são uma boa fonte de vitaminas, minerais e fibras, e as pessoas com diabetes podem apreciá-las como parte de uma dieta saudável.

 

Comer alimentos não amiláceos juntamente com porções moderadas de batatas inteiras pode equilibrar seu IG. Cozinhar batatas fervendo ou assando-as sem ingredientes adicionados também garantirá que elas tenham baixo teor de gordura, sal e açúcar.

 

Recomendações

Para controle da diabetes através de uma alimentação saudável, dieta recomendada, receitas, livros gratuitos e outras publicações indicadas para diabéticos visite Produtos Recomendados neste site. Para saber mais, clique aqui.

 

Fontes:

banner 3 passos para controlar a diabetes
Clique para saber mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *