DIABETES E MAÇÃS E ABACAXIS: COMO ELES AFETAM A SUA GLICOSE

diabetes e maçãs e abacaxis

Diabetes e maçãs e abacaxis | Maçãs | Maçãs e saciedade | Maçãs e carboidratos | Maçãs e glicemia | Resistência à insulina | Abacaxis | Equilibrando sua dieta | Abacaxi | Visão geral | Recomendações | Fontes

Diabetes e maçãs e abacaxis: maçãs

As maçãs são deliciosas, nutritivas e convenientes para  se comer.

 

Estudos mostraram que elas contêm vários benefícios para a saúde.

 

No entanto, as maçãs também contêm carboidratos, que afetam os níveis de açúcar no sangue.

 

No entanto, os carboidratos encontrados nas maçãs afetam seu corpo de forma diferente do que os açúcares encontrados em comidas não indicadas.

 

Este artigo explica, em primeiro lugar, como as maçãs afetam os níveis de açúcar no sangue e como incorporá-las em sua dieta se você tem diabetes, e na sua segunda parte como os abacaxis se relacionam com a sua diabetes.

 

Diabetes e maçãs e abacaxis: maçãs são nutritivas e produzem saciedade

As maçãs são uma das frutas mais populares do mundo.

 

Elas também são altamente nutritivas. De fato, as maçãs são ricas em vitamina C, fibra e vários antioxidantes.

 

Uma maçã média contém 95 calorias, 25 gramas de carboidratos e 14% do valor diário necessário de vitamina C.

 

Curiosamente, uma grande parte dos nutrientes de uma maçã é encontrada em sua pele colorida.

 

Além disso, as maçãs contêm grandes quantidades de água e fibras, o que as torna surpreendentemente satisfatórias. Você provavelmente ficará saciado depois de comer apenas uma maçã.

 

Diabetes e maçãs e abacaxis: maçãs contêm carboidratos, assim como fibras

Se você tem diabetes, é importante manter o controle sobre a ingestão de carboidratos.

 

Entre os três macronutrientes – carboidratos, gorduras e proteínas – os carboidratos são os que mais afetam os níveis de açúcar no sangue.

 

Dito isto, nem todos os carboidratos são iguais. Uma maçã média contém 25 gramas de carboidratos, mas 4,4 desses são de fibra.

 

Fibra retarda a digestão e absorção de carboidratos, fazendo com que eles não aumentem seus níveis de açúcar no sangue tão rapidamente.

 

Estudos mostram que a fibra protege contra a diabetes tipo 2 e que muitos tipos de fibras podem melhorar o controle do açúcar no sangue.

 

As maçãs só afetam moderadamente os níveis de açúcar no sangue

Maçãs contêm açúcar, mas grande parte do açúcar encontrado em maçãs é frutose.

 

Quando a frutose é consumida em uma fruta inteira, ela tem um efeito menor sobre os níveis de açúcar no sangue.

 

Além disso, a fibra nas maçãs retarda a digestão e absorção de açúcar. Isso significa que o açúcar entra na corrente sanguínea lentamente e não aumentando rapidamente os níveis de açúcar no sangue.

 

Além disso, os polifenóis, que são compostos vegetais encontrados em maçãs, também retardam a digestão de carboidratos e baixam os níveis de açúcar no sangue.

 

O índice glicêmico (IG) e a carga glicêmica (CG) são ferramentas úteis para medir quanto um alimento afeta os níveis de açúcar no sangue.

 

As maçãs têm pontuação relativamente baixa nas escalas IG e CG, o que significa que causam um aumento mínimo nos níveis de açúcar no sangue.

 

Um estudo com mulheres obesas descobriu que os níveis de açúcar no sangue estavam 50% mais baixos depois de consumir uma refeição com um CG baixo, comparado a uma refeição com CG alto.

banner para 3 passos para controlar a diabetes
3 passos para controlar a diabetes

Diabetes e maçãs e abacaxis: maçãs podem reduzir a resistência à insulina

Os principais ou mais comuns tipos de diabetes são tipo 1 e tipo 2.

 

Se você tem diabetes tipo 1, seu pâncreas não produz insulina suficiente, o hormônio que transporta açúcar do sangue para as células.

 

Se você tem diabetes tipo 2, inicialmente seu corpo produz insulina, mas suas células são resistentes a ela. Isso é chamado de resistência à insulina.

 

Comer maçãs regularmente pode reduzir a resistência à insulina, o que deve levar a níveis mais baixos de açúcar no sangue.

 

Isso ocorre porque os polifenóis das maçãs, que são encontrados principalmente na casca da maçã, estimulam o pâncreas a liberar insulina e ajudam as células a ingerir açúcar.

 

Diabetes e maçãs e abacaxis: é seguro comer abacaxi se você tem diabetes?

Frutas como o abacaxi podem ser uma escolha saudável para pessoas com diabetes. Certas frutas contêm vitaminas, minerais e fibras que podem ser benéficas para a sua dieta. Mas elas também podem conter carboidratos que podem afetar o açúcar no sangue, por isso a moderação é fundamental.

 

Vamos compartilhar algumas dicas para equilibrar sua dieta e analisar os prós e contras do abacaxi.

 

Dicas para equilibrar sua dieta

Uma dieta saudável é crucial para gerenciar sua diabetes. Você deve rastrear seu consumo diário de carboidratos e manter um plano alimentar saudável.

 

Sua dieta deve consistir de alimentos ricos em vitaminas, minerais e nutrientes. Estes podem ser encontrados em:

  • frutas
  • legumes
  • grãos integrais
  • leguminosas

 

Você deve evitar alimentos que são ricos em gordura, alimentos altamente processados ​​e doces.

 

Uma nutricionista ou médico poderá ajudá-lo a determinar uma dieta balanceada que administre sua condição. Uma sugestão é a dieta low carb, aprovada pela Associação Americana de Diabetes como uma diretriz para o tratamento da diabetes. Caso queira saber mais, clique aqui.

 

Diabetes e maçãs e abacaxis: contagem de carboidratos

Muitas pessoas com diabetes contam sua ingestão diária de carboidratos. Isso ocorre porque os carboidratos são responsáveis ​​por elevar os níveis de açúcar no sangue. Você pode usar um plano de refeições que conte os carboidratos que você consome em cada refeição. Esta abordagem pode ajudá-lo a gerenciar seus níveis de açúcar no sangue de forma eficaz.

 

O número de carboidratos que você pode consumir em cada refeição e lanche depende de muitos fatores. Esses fatores incluem:

  • medicação que você esteja tomando
  • seu peso
  • seu nível de atividade
  • seus objetivos para sua glicose no sangue

 

Uma regra prática para a contagem de carboidratos é de 45 a 60 gramas de carboidratos por refeição e de 15 a 20 gramas de carboidratos por lanche.

 

Caso queira aprender a contar carboidratos, ou conhecer os valores para os principais alimentos, disponibilizamos um manual em português neste site. Para baixá-lo, clique aqui.

 

Monitoramento do índice glicêmico

Junto com a contagem de carboidratos, você também pode levar em consideração o índice glicêmico ao comer. O índice glicêmico mede como os carboidratos aumentam o açúcar no sangue. Alguns alimentos fazem com que o açúcar no sangue suba mais rapidamente do que outros.

 

Fatores que contribuem para o índice glicêmico em alimentos são:

  • gordura
  • fibra
  • nível de processamento
  • maturação
  • método de cozimento
  • variedade do alimento

 

Se um alimento tem um alto índice glicêmico, pode elevar seu açúcar no sangue rapidamente. Você ainda pode comer esses alimentos, mas deve moderar o seu consumo e equilibrá-los com alimentos de baixo índice glicêmico nas refeições.

banner para 3 passos para controlar a diabetes
3 passos para controlar a diabetes

Diabetes e maçãs e abacaxis: Um olhar mais atento ao abacaxi

 

Prós

  • Abacaxi fresco ou congelado é geralmente baixo em carboidratos.
  • É rico em vitamina C e pobre em sódio.

 

Contras

  • O abacaxi geralmente é classificado como um fruto de índice glicêmico médio.
  • Suco de abacaxi é rico em açúcar.

 

O abacaxi é considerado uma fruta “média” no índice glicêmico, então você deve consumi-lo em pequenas porções. Uma porção de ½ xícara de abacaxi fresco tem uma pontuação de índice glicêmico de 56.

 

Ao consumir abacaxi nas refeições, é melhor misturá-lo com alimentos que tenham um índice glicêmico baixo ou médio. Isso pode ajudá-lo a evitar picos de açúcar.

 

Abacaxi fresco ou congelado geralmente contém a menor quantidade de carboidratos por porção. Suco de abacaxi, abacaxi em calda e abacaxi seco geralmente contêm mais açúcar. Isso significa que suas porções devem ser menores para aqueles que gerenciam seus carboidratos.

 

Visão Geral

Comer maçãs regularmente pode reduzir a resistência à insulina, o que deve levar a níveis mais baixos de açúcar no sangue.

 

Isso ocorre porque os polifenóis das maçãs, que são encontrados principalmente na casca da maçã, estimulam o pâncreas a liberar insulina e ajudam as células a ingerir açúcar.

 

Se você tem diabetes, você pode comer abacaxi contanto que você o faça com moderação. Você também deve equilibrar seu consumo de abacaxi com outros alimentos. Se você introduzir o abacaxi em sua dieta pela primeira vez desde o seu diagnóstico, deve observar as alterações nos seus níveis de açúcar no sangue.

 

Se você achar que o abacaxi está fazendo com que seus níveis de açúcar no sangue se tornem perigosamente altos ou baixos, você deve removê-lo da sua dieta.

 

Recomendações

Para controle da diabetes através de uma alimentação saudável, dieta recomendada, receitas, livros gratuitos e outras publicações indicadas para diabéticos visite Produtos Recomendados neste site. Para saber mais, clique aqui.

 

Fontes:

banner para 3 passos para controlar a diabetes
3 passos para controlar a diabetes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *