ECONOMIA NA ALIMENTAÇÃO DE DIABÉTICOS!

ECONOMIA NA ALIMENTAÇÃO DE DIABÉTICOS!

Economia na alimentação da diabetes: caso prefira ouvir este artigo em nosso podcast clique aqui, ou use o tocador abaixo.

Muitos diabéticos acham que é necessário gastar mais para se alimentar de forma saudável. Será mesmo? Há formas criativas de diminuir esses custos. Conheça algumas a seguir e controle a sua glicemia fazendo economia.

Importante mencionar que fast food, refeições e lanches em bares e restaurantes não tão saudáveis ​​podem se tornar pouco econômicos para serem consumidos com frequência.

Em minha experiência pessoal, creio que uma alimentação saudável pode ser realmente econômica no longo prazo, especialmente se você seguir algumas estratégias nas suas compras, escolhas e preparo da comida.

Aqui estão 14 dicas simples que utilizo e que irão ajudar a economizar e a manter uma alimentação saudável recomendada para o controle da sua glicemia e aumento de bem-estar.

Para conhecer estratégias para economizar também na compra de medicamentos para diabetes veja a artigo 18 MANEIRAS PRECIOSAS DE ECONOMIZAR COM MEDICAMENTOS E ALIMENTAÇÃO NA DIABETES, clicando aqui.

Economia na alimentação da diabetes: o tempo certo para comprar

Frutas e vegetais são altamente recomendados na dieta de diabéticos.

Frutas e vegetais em períodos de safra, são mais frescos, mais saborosos e mais baratos do que alimentos fora da estação.

Isso porque os produtos da “época” são colhidos no auge da maturação e não são transportados de grandes distâncias, levando menos tempo para viajarem da fazenda até a prateleira do supermercado.

Eis alguns exemplos de alimentos indicados para diabéticos e seus períodos de safra:

ECONOMIA NA ALIMENTAÇÃO DE DIABÉTICOS!
Verduras
ECONOMIA NA ALIMENTAÇÃO DE DIABÉTICOS!
Legumes
ECONOMIA NA ALIMENTAÇÃO DE DIABÉTICOS!
Frutas nacionais
ECONOMIA NA ALIMENTAÇÃO DE DIABÉTICOS!
Frutas importadas
ECONOMIA NA ALIMENTAÇÃO DE DIABÉTICOS!
Legenda

Fonte: https://ftp.medicina.ufmg.br/omenu/safra_26_09_2014.pdf

Benefícios de comprar na safra

Os benefícios para o diabético não estão somente nos preços e na qualidade do que está consumindo, mas também no sabor mais intenso dos produtos, que ocorre no auge da safra. E consume produtos com menos agrotóxicos, pois alimentos fora de época usam mais pesticidas para garantir o desenvolvimento de produtos fora do período de safra.

Você pode encontrar frutas, verduras e legumes típicos da época em todos os meses, e a colheita de alimentos pode ser dividida em três fases:

  • No período de safra, os preços são mais baixos e os produtos têm mais qualidade
  • No início ou final da safra, os preços são intermediários, não tão baratos, nem tão caros.
  • Na entressafra ou fora de época os preços são mais elevados.

Economia na alimentação da diabetes: “genéricos” são mais baratos

Diversos supermercados e varejistas oferecem produtos em opções “genéricas” ou de marca.

As apresentações genéricas normalmente contêm a marca do supermercado, que adquire grandes quantidades e usa o seu nome na embalagem dos produtos.

Optar por marcas genéricas no lugar de marcas renomadas é uma maneira simples de economizar, sem geralmente comprometer a qualidade dos alimentos.

Os alimentos “genéricos” são geralmente comparáveis ​​às versões de marca em termos de segurança alimentar, qualidade e valor nutricional.

No entanto, é sempre uma boa ideia, antes da compra, comparar a lista de ingredientes e rótulos nutricionais dos produtos de marca com as versões “genéricas”.

banner 3 passos para controlar a diabetes
3 Passos para Controlar a Diabetes

Economia na alimentação da diabetes: saiba o que você vai comer daqui a 3 dias

Planejar as refeições com antecedência é uma maneira inteligente de economizar tempo e dinheiro.

Criar um plano de refeições semanal, criar uma lista de compras e reservar um tempo específico para preparar as refeições para a próxima semana é uma iniciativa inteligente.

Um dos meus métodos favoritos de planejamento de refeições é buscar receitas que usem um conjunto semelhante de ingredientes.

Tente se concentrar em alguns ingredientes com uma vida útil mais curta, como frutas e vegetais frescos, e alternar grãos inteiros, legumes, especiarias e temperos em cada refeição.

Isso ajudará a simplificar a lista de compras, e adicionará diversidade à dieta, pois a cada dia você terá uma variedade de ingredientes, o que evitará a repetição de pratos, que pode tornar a alimentação monótona, e dará às suas refeições o “colorido” recomendado para uma alimentação saudável. 

Economia na alimentação da diabetes: cozinhar em casa

Cozinhar a própria comida em casa em vez de jantar em restaurantes ou comprar refeições prontas é uma das maneiras mais fáceis e eficazes de consumir uma alimentação saudável dentro do orçamento.

Na verdade, as refeições em restaurantes normalmente custam bem mais do que comprar os ingredientes necessários para preparar a comida em casa.

Além disso, se considerarmos as taxas adicionais, como taxas de entrega, taxas de serviço e gorjetas, o custo de comer fora ou pedir comida pode aumentar bastante.

Preparar a própria comida também lhe dará o controle total sobre o que você está colocando no  seu prato, e isso facilitará o uso de alimentos frescos e integrais na sua dieta.

Também ajuda a diminuir a ingestão de carboidratos, gordura saturada, sal e ingredientes artificiais.

Economia na alimentação da diabetes: consumir proteínas das plantas

Proteínas vegetais como feijão, lentilha, grão de bico e tofu são frequentemente muito mais baratas do que proteínas animais como carne, peixe e aves.

Além disso, esses alimentos são ricos em proteínas, fibras e uma variedade de outras vitaminas e minerais essenciais. Eles são fáceis de serem usados em receitas como ensopados, sopas, saladas e cozidos.

Uma opção bem saborosa é preparar os alimentos usando a técnica “stir-fry”, que é o nome em inglês (stir = agitar; fry = fritar) dado a um método de preparo criado na China, onde os ingredientes são fritos em temperatura elevada com uma pequena quantidade de gordura e misturados durante todo o tempo de preparo. 

ECONOMIA NA ALIMENTAÇÃO DE DIABÉTICOS!
Stir Fry

Comer mais proteínas vegetais não significa tornar-se vegano completo ou cortar totalmente os produtos de origem animal da dieta.

 

Se você quer comer mais proteínas vegetais e animais, uma boa estratégia é consumi-las apenas algumas vezes por semana, o que ajudará a gerar alguma economia e a reduzir o consumo de carnes.

 

Uma dieta flexível não só incentiva a ingestão de mais alimentos à base de plantas, mas permite que se consuma alimentos de origem animal ocasionalmente.

 

Economia na alimentação da diabetes: de olho nas ofertas

A maioria dos supermercados oferece promoções e descontos semanais, que normalmente são anunciados online, em comerciais ou em folhetos.

 

Verificar o dia da semana de ofertas de hortifrutigranjeiros é uma boa alternativa para economizar na compra de alimentos.

 

Eu procuro estocar itens essenciais que estejam em promoção. Isso inclui feijão, lentilha, grão de bico, especiarias, e alimentos congelados.

 

Economia na alimentação da diabetes: frutas e vegetais abaixo de zero

Quando há alguma dificuldade em usar todas as frutas e vegetais frescos antes que comecem a estragar, uma opção interessante é congelá-los em casa ou mesmo comprar alguns produtos já congelados.

 

Frutas e vegetais congelados oferecem os mesmos nutrientes que as variedades frescas, mas têm uma vida útil muito mais longa  reduzindo o desperdício de alimentos.

 

Gosto de ter frutas congeladas à mão para colocar em batidos ou misturar com iogurte natural e aveia. Vegetais congelados também são um ótimo complemento para refogados e podem ser assados, fritos, feitos usando a técnica “stir-fry” ou cozidos, transformando-se em acompanhamentos saudáveis.

 

Economia na alimentação da diabetes: consuma até o talo!

Muitas partes das carnes e produtos hortifrutigranjeiros são normalmente descartados quando se cozinha em casa.

 

Mas existem muitas maneiras criativas de usar as sobras do preparo da comida ao invés de simplesmente jogá-las fora. Isso gera economia nas suas compras.

 

Usar caules, folhas e talos de vegetais para fazer uma sopa, congelar sobras de temperos ou transformar pão amanhecido em croutons caseiros são algumas opções criativas de usar todo o alimento e de evitar desperdícios.

 

Precisa de mais ideias? Confira este conteúdo desenvolvido para o programa Mesa Brasil do SESC São Paulo, com diversas opções simples de uso integral de alimentos. Para visualizar o documento clique aqui.

banner 3 passos para controlar a diabetes
3 Passos para Controlar a Diabetes

A forma correta de guardar alimentos

O armazenamento correto dos alimentos pode estender sua vida útil, fazendo com que suas refeições durem mais tempo, reduzindo o desperdício de alimentos e a “conta” do mercado.

 

Forrar com toalhas de papel o local onde os produtos são armazenados para absorver a umidade extra e evitar que frutas e vegetais estraguem são boas opções.

 

Alimentos não perecíveis, como macarrão, feijão e cereais, devem ser armazenados em um recipiente hermeticamente fechado e colocados em um local fresco e seco para aumentar a sua vida útil.

 

Manter os laticínios na parte principal da geladeira, e não na porta, e congelar a carne crua, são outras iniciativas que aumentam a vida útil dos alimentos.

 

Os especialistas aconselham manter aves ou carne frescas na geladeira a 4 ° C ou menos por no máximo 2 dias. É importante ainda manter a carne crua separada de outros alimentos.

 

Compras à granel

Certos alimentos podem ser comprados à granel a um preço mais baixo, facilitando uma alimentação saudável com um orçamento mais reduzido.

 

Alimentos como grãos, nozes, sementes e leguminosas secas são particularmente bons para serem estocados e comprados a granel.

 

Economia na alimentação da diabetes: colocando as mãos na terra

Ervas frescas são perfeitas para enriquecer o sabor das refeições e ajudam os diabéticos a adotarem uma dieta saudável mais saborosa. Porém muitas delas podem ser um pouco caras.

 

Cultivar ervas em casa pode ser um hobby fácil, divertido e econômico.

ECONOMIA NA ALIMENTAÇÃO DE DIABÉTICOS!
Temperos cultivados em casa

Tudo que se precisa é um pouco de terra, sementes ou mudas e um local ensolarado perto da janela ou um pedaço de quintal. Existem diversas possibilidades de cultivo dentro de casa que podem ser avaliadas.

 

Se você mora em um apartamento com luz solar limitada, o cultivo hidropônico dentro de casa pode ser uma ótima alternativa.

banner 3 passos para controlar a diabetes
3 Passos para Controlar a Diabetes

Prepare-se para comprar de forma inteligente

Incorporar hábitos que produzam economia na hora das compras é uma ótima maneira de cortar custos, mantendo uma alimentação saudável.

 

Algumas sugestões de estratégias de compras “inteligentes” incluem:

  • Fazer uma lista com antecedência. anotar o que é necessário antes de ir às compras. Estando no mercado, concentre-se nos itens da lista.
  • Concentrar a atenção no espaço dos hortifrutigranjeiros e grãos: isso torna mais fácil evitar itens como alimentos processados ​​e lanches, que normalmente são mais caros e menos nutritivos.
  • Ir às compras bem alimentado. evite ir às compras com fome ou estressado. Porque isso inibe os desejos por comida e compras impulsivas de alimentos prejudiciais à saúde.

Consumir hoje a comida de ontem

Em vez de jogar fora as sobras, Guarde  as sobras para uma refeição no dia seguinte ao invés de jogar as sobras fora. Isso evita o trabalho de ter de cozinhar novamente, elimina o desperdícios de comida e “ajuda” o bolso.

 

Além de poupar tempo, levar sobras para o trabalho ou para a escola ao invés de comprar almoço ou lanches, ajuda não só a economizar, mas também evita que consumamos alimentos não indicados, muitas vezes por falta de opções.

 

Particularmente gosto de dobrar o tamanho das porções quando estou cozinhando o jantar e guardo a metade para comer no almoço no dia seguinte.

 

Economia na alimentação da diabetes: pegue a sua comida na porta

Muitos serviços de compras online surgiram nos últimos anos, entregando produtos alimentícios diretamente na nossa porta, sendo que alguns oferecem promoções e descontos atraentes.

 

Esses serviços podem ajudar na economia e podem tornar mais fácil seguir um plano de refeições, pois normalmente se compra apenas o que precisa.

 

Isso também pode ser uma opção útil se você não mora perto de um supermercado ou tem acesso limitado a alguns alimentos.

 

Leve com você

Embora muitas pessoas acreditem que uma alimentação saudável pode ser cara, isso não é necessariamente verdade.

 

Na verdade, seguir uma dieta saudável e equilibrada pode produzir economia a longo prazo, além de ajudar no controle da glicemia e melhorar a saúde geral.

 

Tente praticar algumas das dicas aqui descritas, para tornar mais fácil do que nunca a sua alimentação saudável ao mesmo tempo que economiza na conta do mercado.

 

Esperamos ter ajudado. Paz e saúde!

 

Veja outros artigos como este em https://controledadiabetes.com.br

 

Recomendações

Para controle da diabetes através de uma alimentação saudável, dieta recomendada, receitas, livros gratuitos e outras publicações indicadas para diabéticos visite Produtos Recomendados em https://controledadiabetes.com.br/produtos-indicados/Clique aqui para saber mais.

 

banner 3 passos para controlar a diabetes

 

3 Passos para Controlar a Diabetes

Fontes

Posted in A+

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *